Aluguel torna Dublin uma das cidades mais caras para se viver na Europa
|

Já é de conhecimento dos intercambistas que o preço do aluguel em Dublin é extraordinariamente alto, porém uma pesquisa recente coloca um alerta na capital Irlandesa.

Oferta e procura tornam as acomodações muito caras

Dublin é famosa por grandes nomes de empresas de tecnologia de informação e finanças que se instalam por aqui, como o país fornece muitos benefícios fiscais, todas as empresas que podem operar com mão de obra no exterior acabam vindo para a Irlanda: KPMG, PWC, Apple, Facebook, Twitter, SAP, Google, Tinder e Intel são alguns dos exemplos de empresas que podem ser encontradas aqui.
A maioria delas encontra-se centralizada na capital, aliado ao fato da facilidade na obtenção de visto( Por serem considerados critiacals skills) e da alta demanda por profissionais de várias áreas, tornam a capital um local onde a procura por acomodação é extremamente alta, inclusive já compartilhei dicas para encontrar uma casa ou quarto compartilhado aqui, essa onda de oferta e procura é tão desproporcional que um quarto ou casa anunciado a qualquer valor será facilmente ocupado rapidamente.

Este é um dos motivos pelo valor do aluguel em Dublin ser tão alto, é comum até mesmo os proprietários de suas casas alugarem quartos para estrangeiros devido a facilidade de se monetizar estes cômodos no país.

Houses Photo by Tierra Mallorca on Unsplash
Alta procura por aluguéis eleva o custo de vida em Dublin: Houses Photo by Tierra Mallorca on Unsplash

Dublin tem o sexto maior custo de vida da Europa

Conforme o Irish Times, em pesquisa realizada pela Mercer( Uma empresa americana de estatísticas) o custo de vida em Dublin só fica atrás de Zurique, Berna, Genebra, Londres e Compenhage, tornando a capital a sexta mais cara para se viver na zona do Euro.

Em contramão de acordo com o Indepent o COVID-19 fez com que os trabalhadores se deslocassem para realizar as suas atividades remotamente, oque pode tornar a capital Irlandesa menos atrativa, podendo até mesmo fazer com que a situação melhore momentaneamente já que a procura por aluguéis tende a cair em meio a pandemia( momentaneamente rs).

Aluguel é uma guerra sem fim

Não somente os estrangeiros reclamam do alto preço do aluguel em Dublin, muitos Irlandeses protestam sobre a falta de uma proteção e controle legal das acomodações no país, aqui este assunto é delicadamente discutido com frequência nos jornais locais, de um lado os que precisam de uma casa decente e justa para viver clamam por um preço mais acessível, porém do outro lado os landlords enchem os seus bolsos com um dinheiro fácil e na maioria das vezes “livre de impostos”. Entre conversas locais é fácil perceber alguns Irlandeses praguejando o fato que muitos cargos políticos são ocupados por pessoas que também são landlords e exploram esta mina de dinheiro, fazendo pouco caso da regulamentação e balização do setor.
Em uma recente brincadeira de um Irlandês no Tiktok “ensinando” as pessoas a ganhar dinheiro com a exploração de locações noticiada no IrishMirror, ele comenta por exemplo que os cargos políticos são muitas vezes ocupados por pessoas com interesses pessoais neste mercado de locação.

Compartilhe:

3 comentários em “Aluguel torna Dublin uma das cidades mais caras para se viver na Europa”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.